Portfólio IHARA para folhosas será destaque em evento tecnocientífico do setor

O mercado HF, um dos mais representativos do país, será o centro das discussões do 3º Seminário Nacional de Folhosas. Iniciativa da Associação Brasileira do Comércio de Sementes e mudas (ABCSEM), o evento acontece na próxima quarta-feira (8), em Campinas (SP). Entre os participantes, um dos destaques será a IHARA, especializada em tecnologias para a proteção de cultivos. A empresa irá apresentar as principais soluções do portfólio para o segmento: os recém-lançados ELEITTO (inseticida), ECO-SHOT (fungicida biológico) e TOTALIT (fungicida).

“O mercado HF, com destaque para as folhosas, é muito importante para a IHARA hoje. Os produtores dessas culturas enfrentam um cenário desafiador e nós estamos trabalhando para oferecer a eles fórmulas que atendam às suas necessidades”, explica Daniel Zanetti, gerente de Marketing HF da IHARA. Os produtos da empresa destinados ao segmento estão embasados em cinco pilares, que respondem as principais demandas do segmento em relação aos defensivos, sendo atuação multi-culturas, combate a multi-pragas, menor classe toxicológica, baixa carência e alta eficácia observada.

O ELEITTO, inseticida IHARA exclusivo para HF, possui diversos benefícios, como o amplo espectro de atuação, a aplicabilidade em qualquer fase da cultura e o baixo período de carência. A solução, que já atuava contra diversos alvos em 17 culturas, recebeu em abril a extensão de bula para 11 novas frutas e hortaliças.

O ECO-SHOT é um fungicida biológico com alta concentração de esporos ativos e tem como alvo Pinta-preta, Mofo-branco, Míldio-pulverulento, Mofo-cinzento, Antracnose, Oidio e Podridão-olho-de-boi. Já o fungicida TOTALIT, eficaz para o combate a míldio, requeima e alternaria, também será apresentado no evento. Seu grande diferencial está na alta adesividade e no duplo mecanismo de ação, atuando de forma sistêmica e de contato. Podendo ser aplicado em qualquer fase, o produto oferece alta proteção às culturas, já que possibilita um maior período de controle e tem baixo risco de resistência.
“Esses produtos foram desenvolvidos a partir de um longo estudo de campo e trazem tecnologias importantes para contribuir com o desenvolvimento do HF no país”, afirma Zanetti.

O 3º Seminário Nacional de Folhosas irá reunir representantes da cadeia produtiva de hortaliças para debater os avanços tecnocientíficos, as tendências e os desafios futuros para a cultura das folhosas. Serão abordados temas de grande relevância, como números e tendências do mercado; distribuição e consumo no Brasil; desafios na comercialização; produtividade e rastreabilidade; e o papel do marketing na geração de lucros.
DATA: 07.08.18

ÚLTIMAS NOTÍCIAS