Brasil segue faturando com cenário da soja

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (30.05) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas subindo 0,90%, para R$ 83,41. Isso elevou os ganhos de maio para 12,17%.


No mercado interno os ganhos foram de 0,82% para R$ 77,63/saca, elevando os ganhos de maio para 10,69%. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, com o dólar praticamente estável (fechou em levíssima alta de 0,07%) e prêmios mais altos, a nova alta de 1,95% nas cotações permitiram esse avanço médio das cotações.

Os principais fatos do dia, segundo o analista Luiz Fernando Pacheco, foram o fato de a China continuar ausente do mercado, as vendas de produtores atingindo 600 mil toneladas no Brasil e 300 mil na Argentina. Ele também destaca que a soja brasileira C&F China ainda é negociada acima da paridade com a soja norte-americana.

ARGENTINA

O relatório de acompanhamento das culturas, da BCBA (Bolsa de Cereais de Buenos Aires), divulgado nesta quinta, registrou que a colheita da soja na Argentina já atingiu 90,7%, com um rendimento médio de 3.450 kg/hectare, que s emantém acima do recorde anterior. Faltam colher 1,5 Mha para encerrar a safra, com 55% da dita superfície encontrando-se em regiões afetadas pelas inundações no NEA e noroeste de Santa Fé. “Sob este cenário, a projeção de produção continua de 56 MT”, destaca o analista da T&F Luiz Fernando Pacheco.
DATA: 31.05.19

ÚLTIMAS NOTÍCIAS